INSTITUCIONAL NOTÍCIAS VÍDEOS AVISOS PRODUTOS CONTATO
Última Notícias
Evento realizado pela Cotapel dia 11 de maio
Encontro das Mulheres Cooperativistas
13/05/2022 - 08h05mm
Mais notícias
GIGANTE MUDA DIETA
China pode cortar demanda de soja em 30 milhões de toneladas
17/02/2022 - 09h02min

Ordem é aumentar o percentual de proteínas de grãos alternativos, aminoácidos e forragem

A China poderá reduzir sua demanda por soja em nada menos que 30 milhões de toneladas, de acordo com a agência oficial de notícias Xinhua. O objetivo do governo de Pequim, que já havia emitido diretrizes no ano passado recomendando a redução de farelo de soja e milho na alimentação de suínos e aves, é de tentar reduzir sua dependência de grãos importados.


Para isso os produtores de proteína animal chineses estão sendo orientados a seguir promovendo rações com menos quantidade de farelo de soja. No lugar da oleaginosa, a ordem é aumentar o percentual de proteínas de grãos alternativos e aminoácidos, informa a Xinhua citando informações passadas por autoridades agrícolas (não identificadas).

Atualmente a China importa quase 100 milhões de toneladas de soja por ano para produzir farelo de rico em proteínas que atendem seu enorme setor pecuário. A porção de farelo de soja na ração caiu para uma média de 15,3% em 2021, o que representou uma queda de 2,4 pontos percentuais em comparação com 2020, aponta a maior agência chinesa.

Apenas entre as 33 maiores empresas chinesas fabricantes de alimento animal, as rações de farelo de soja alcançaram uma média de 11,8% no ano passado. Isso significou uma queda de 1,6 ponto percentual em relação ao ano anterior.

Ao todo, a China pode reduzir o uso de farelo de soja em mais 23 milhões de toneladas, o que reduziria suas necessidades de soja em quase 30 milhões de toneladas se continuar a promover dietas de gado com baixo teor de proteína, acrescentou o relatório das autoridades agrícolas do gigante asiático.

Para a alimentação de bovinos e ovinos, os fabricantes de ração podem aumentar o uso de forragem para substituir o farelo de soja, acrescentou o governo chinês. A China mantém o discurso de que aumentar a produção de soja será uma ?grande tarefa política? este ano, depois que a produção da oleaginosa caiu em 2021, quando os agricultores plantaram mais milho.
Fonte: Agrolink
A Cotapel
A Cooperativa Agrícola Tapejara Ltda denominada COTAPEL, iniciou suas atividades em 23 de outubro de 1985.
Surgiu a partir da crise vivida pela Coopasso no ano de 1984, quando produtores vinculados à unidade de Tapejara, resolveram construir sua pr...
+ Saiba mais
Mapa do site
- Home

- A Cotapel


- Cotações
- Notícias

- Produtos

- Fale conosco
Contato
Av. 7 de Setembro, 2155 - Bairro São Paulo
CEP 99950-000 Tapejara - RS
Fone: (54) 3344.1588 / 3344.1296
cotapel@netvisual.com.br
Direitos reservados à Cotapel. Desenvolvido por