INSTITUCIONAL NOTÍCIAS VÍDEOS AVISOS PRODUTOS CONTATO
Última Notícias
SAFRA DO BRASIL E DOS EUA
Soja: 13 fatos que você precisa saber antes de fechar negócio
15/10/2019 - 10h10mm
SAFRA 2019/2020
Plantio da soja em ritmo lento
14/10/2019 - 16h10mm
Mais notícias
VEJA COMO FECHOU O MERCADO NESTA QUINTA-FEIRA
Soja recua no interior e portos do Brasil com pressão do dólar e leve recuo de Chicago.
04/10/2019 - 08h10min

Os preços da soja fecharam em queda no mercado brasileiro nesta quinta-feira (3). A baixa intensa do dólar de mais de 1%, que levou a moeda americana de volta aos R$ 4,08, e mais o leve recuo das cotações da oleaginosa na Bolsa de Chicago criaram um ambiente de pressão tanto no interior, quanto nos portos do país.

Em Paranaguá, baixa de 1,14% para R$ 87,00 por saca no disponível e de 1,16% para R$ 85,00 na referência de março do ano que vem. Já em Rio Grande, perdas de 1,71% para R$ 86,20 no spot e de 0,46% no mercado futuro, para R$ 86,00 por saca.

No interior, entre as principais praças de comercialização pesquisadas pelo Notícias Agrícolas, as perdas variaram entre 0,64% e 2,70%, com os indicativos de preços oscilando entre R$ 71,00 e R$ 84,00 por saca.

Como explicou o consultor de mercado Vlamir Brandalizze, da Brandalizze Consulting, apesar da pressão, ainda encontra suporte na demanda intensa pela soja brasileira, tanto na exportação, quanto internamente. Regionalmente, os negócios para as indústrias locais já acontecem com valores entre R$ 1,00 e R$ 1,50 por saca acima do que se liquidaria a soja no porto para exportação.

"Um bom exemplo é Rondonópolis, em Mato Grosso. Por lá, os preços rodam perto de R$ 78,00 por saca, enquanto na exportação liquidariam entre R$ 75,00 e R$ 76,00", explica o analista.



De outro lado, os prêmios no mercado nacional também chamam a atenção. Nos últimos dias, os valores cederam um pouco principalmente nas referências para o produto da safra velha diante de uma demanda um pouco mais presente da China no mercado norte-americano.

Para a safra nova, ainda segundo Vlamir Brandalizze, os prêmios são bons e estão acima da média histórica diante das perspectivas de o Brasil colher uma safra recorde de 125 milhões de toneladas, ou algo próximo disso. São valores atuando no intervalo de 35 a 50 centavos de dólar acima dos valores do bushel na Bolsa de Chicago.
Fonte:Notícias Agrícolas
A Cotapel
A Cooperativa Agrícola Tapejara Ltda denominada COTAPEL, iniciou suas atividades em 23 de outubro de 1985.
Surgiu a partir da crise vivida pela Coopasso no ano de 1984, quando produtores vinculados à unidade de Tapejara, resolveram construir sua pr...
+ Saiba mais
Mapa do site
- Home

- A Cotapel


- Cotações
- Notícias

- Produtos

- Fale conosco
Contato
Av. 7 de Setembro, 2155 - Bairro São Paulo
CEP 99950-000 Tapejara - RS
Fone: (54) 3344.1588 / 3344.1296
cotapel@netvisual.com.br
Direitos reservados à Cotapel. Desenvolvido por