INSTITUCIONAL NOTÍCIAS VÍDEOS AVISOS PRODUTOS CONTATO
Última Notícias
ATENÇÃO ÀS EXPORTAÇÕES SEMANAIS NESTA 5ª
Preços voltam a recuar em Chicago com previsão de melhores chuvas para América do Sul
14/12/2017 - 15h12mm
Mais notícias
CRÉDITO
BB vai redirecionar R$ 7 bi do agronegócio para outras linhas, diz vice-presidente
01/12/2017 - 17h12min

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco do Brasil pretende redirecionar cerca de 7 bilhões de reais do setor rural para financiar linhas como consumo e habitação, disse nesta sexta-feira à Reuters o vice-presidente de Agronegócios da instituição, Tarcísio Hübner.

"Vamos ter maior flexibilidade para atender segmentos que demandem mais crédito, sem comprometer o financiamento ao agronegócio", disse Hübner em entrevista por telefone.

A declaração vem um dia após o Conselho Monetário Nacional (CMN) ter reduzido de 65 para 60 por cento o piso de aplicação em crédito rural dos recursos captados pela poupança rural. Ao mesmo tempo, o percentual da poupança rural que os bancos podem aplicar livremente subiu de 14 para 19 por cento.

O BB concentra 92 por cento do crédito rural no país. Os demais bancos captam poupança para crédito imobiliário. Pela regulação, quando um banco não consegue atingir o piso designado para o fim específico, deposita o restante no Banco Central, que remunera pela variação da Selic.

A decisão do CMN veio na esteira da forte desaceleração dos financiamentos imobiliários por parte da Caixa Econômica Federal, que domina o setor com quase 70 por cento do mercado, enquanto prioriza fortalecer seus níveis de capital.

A medida também foi anunciada no momento em que os bancos começam a desenhar seus orçamentos para 2018, incluindo as expectativas de crescimento em cada linha de financiamento.

Segundo Hübner, no caso do agronegócio os desembolsos do BB para o setor cresceram ao redor de 27 por cento em 2017 até agora, em relação à mesma etapa do ano passado, o que indica que o banco deve atingir a expectativa para a safra 2017/18, para qual disponibilizou 103 bilhões de reais.

"O agronegócio está bem atendido, tanto pelo BB quanto por outros bancos e por outros canais de recursos para o setor, como as LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio) e CRAs (Certificados de Recebíveis do Agronegócio)", disse Hübner.

Segundo ele, o BB manterá os esforços para manter sua participação de mercado no setor, sem prejuízo dos esforço do banco para crescer em outros segmentos.

"Vamos redirecionar os recursos de acordo com a demanda por financiamentos", disse, evitando dar detalhes.

Tags: Política Economia
Fonte: Reuters
A Cotapel
A Cooperativa Agrícola Tapejara Ltda denominada COTAPEL, iniciou suas atividades em 23 de outubro de 1985.
Surgiu a partir da crise vivida pela Coopasso no ano de 1984, quando produtores vinculados à unidade de Tapejara, resolveram construir sua pr...
+ Saiba mais
Mapa do site
- Home

- A Cotapel


- Cotações
- Notícias

- Produtos

- Fale conosco
Contato
Av. 7 de Setembro, 2155 - Bairro São Paulo
CEP 99950-000 Tapejara - RS
Fone: (54) 3344.1588 / 3344.1296
cotapel@netvisual.com.br
Direitos reservados à Cotapel. Desenvolvido por